Dicas para as férias com sua criança com autismo

As férias já estão aí e muitos pais, mães e demais responsáveis ficam em dúvida sobre qual atividade podem oferecer para seus pequenos. A criança com autismo pode se inteirar nas brincadeiras normalmente, assim como ocorre com os atípicos (que não convivem com o Transtorno do Espectro Autista – TEA).

No entanto, é comum que muitos adultos não saibam exatamente o que dar às crianças, seja pelo medo de haver algum estranhamento ou até mesmo um risco em potencial, como corte, queda ou outros ferimentos.

Brincadeiras e seus impactos na vida criança com autismo

Devemos salientar como as brincadeiras são benéficas no desenvolvimento dos pacientes com autismo. As atividades são responsáveis pelo aprimoramento de muitas funções, como a cognitiva e a psicomotora. Além disso, aspectos como interação social e autoestima são trabalhados de maneira conjunta, pois a criança terá a percepção de pertencimento a algum grupo.

Orientação profissional

Antes de mostrar algumas dicas de atividades que podem ser realizadas para criança com autismo, é interessante ressaltar a importância de uma orientação profissional. A voz de um especialista é fundamental para que os pais saibam qual brincadeira/atividade a criança está apta a desempenhar. Afinal, é preciso levar em conta fatores como hipersensibilidade e outros itens ligados a peculiaridade do comportamento de cada um.

Prática de esportes para o desenvolvimento motor

A realização de tarefas esportivas pode ser um grande aliado na vida de uma criança com autismo. Isso porque ela terá muitos progressos por meio das atividades, como o fortalecimento do tônus muscular, o treino da comunicação, entre outros.

Natação, futebol, basquete e hipismo são algumas das opções que podem promover a autonomia de seu filho, sobretudo se ele conviver com o autismo de alta funcionalidade.

De qualquer maneira, a criança que esteja incluída em um espectro mais intermediário ou severo também pode e deve ser estimulada por meio de brincadeiras e outras tarefas lúdicas durante as férias.

Jogos para desenvolver a concentração

Se existe algo que favorece o desenvolvimento de uma criança com autismo, pode-se dizer que os jogos são os itens indispensáveis nesse processo. Afinal, eles auxiliam na concentração e na comunicação dos baixinhos. Um dos benefícios dos jogos eletrônicos é aguçar a curiosidade dos pequenos em saber qual a próxima fase ou a surpresa que está por vir.

As habilidades ligadas ao desenvolvimento cognitivo também são trabalhadas. O pequeno passar a pensar mais estrategicamente frente aos desafios que surgem no decorrer dos jogos. Além disso, ele começa a ter certa facilidade para tomar decisões rápidas.

Atividades ligadas à pintura

Uma forma de entreter a criança com autismo durante as férias é a pintura. Ela terá a chance de trabalhar toda a sua imaginação e também sua coordenação motora. Atividades individuais e com mais de uma pessoa são aconselháveis.

Quando feito individualmente é interessante que haja a presença de um adulto para supervisionar a tarefa. Já se a atividade for coletiva, a supervisão será feita só para ‘ficar de olho’ na brincadeira. É importante que a criança não tenha contato com tintas cujo cheiro possa incomodá-la, principalmente se o olfato do pequeno for hipersensível.

Brincando com o dado divertido

Esta atividade é muito boa, pois ela consiste em estabelecer brincadeiras que estimulam o aspecto físico, tais como: pular, girar, entre outras ações, como arremessar pequenos brinquedos macios e coloridos para despertar a atenção na criança, além de flexibilidade.

É importante que nas primeiras vezes, o adulto jogue o dado para saber qual brincadeira será feita e depois da confiança da criança, que ela também seja estimulada a jogar o objeto e brincar.

Desenhos animados

Esta dica, embora pareça fácil, requer tanta atenção quanto às demais. É preciso que vocês saibam qual desenho animado ou personagem a criança gosta. Isso é importante, pois se for algo que ela se interesse, as chances dela aproveitar o momento através da animação é alta e, assim, todos podem se divertir.

 

 

 

Dr Clay Brites

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *